Articles

Feiyue: The Air Jordan of Wushu

By  | 

[tabs tab1=”English” tab2=”Portugês”]

[tab id=1]

Feiyue: The Air Jordan of Wushu

Written June 6th, 2014

“Feiyue — the Air Jordan of kung fu. Every Shaolin monk in Dengfeng wears these things. My Feiyues are new, so everybody knows they can beat me up.” — Doug Anderson in the first episode of Fight Quest 

Nearly a month ago, I was asked to write about Wushu shoes.  This was especially difficult for me, because of all the in-depth topics regarding Wushu, there was little else I found about Wushu shoes, aside from that which was very obvious to the experienced practitioner, to write about.  But for those that know next to nothing about Wushu shoes, there was plenty of information to talk about.  So this write-up will be aimed to the new and inexperienced readers about Wushu, and therefore may not be as long or informative as my usual write-ups.  HOWEVER, outside of general research that can be done online by anyone, as well as my own opinion, there is nothing new here.  As usual, in this context, I will primarily be talking about modern Wushu, a standardization of Chinese martial arts for sport.  Modern Wushu has been standardized into two disciplines; Taolu (套路; tàolù, forms), which I will mainly be talking about, and Sanshou (散手; sànshǒu, free hand), also known as Sanda (散打; sàndǎ, free fighting).  Most of this write-up will focus on general and background information that may or may not be obvious to the reader with prior experience with Wushu, and because I am most familiar with one brand of Wushu shoes, which we will discuss and establish to be the primary brand, I will mostly focus on the place and practice of this specific brand of Wushu shoes: Feiyue (if given the chance, I may write simple reviews on other brands of Wushu shoes as well in the future).

In the first episode of the TV show Fight Quest, which featured “kung fu” (or rather, a partial showcase of Shaolin Wushu and more of an actual focus on Sanda), one of the show’s hosts, Doug Anderson, called Feiyue shoes “the Air Jordan of kung fu.”  Of the many observations that have been made regarding the image of Chinese martial arts, I found this quote to be the most accurate.  Just as the Air Jordan brand is prominent in basketball, the Feiyue brand is prominent within the Chinese martial arts community.  Feiyue shoes can be seen and worn by many practitioners of Chinese martial arts today, especially with athletes of modern Wushu.  In recent years, other brands of Wushu shoes have popped up and risen in popularity among Wushu practitioners, which will be discussed in this write-up later on.  However, the most well-known brand of Wushu shoes, and rightfully so, is the Feiyue brand.

fy02

Feiyue, as a brand, had originated in Shanghai, China, in the 1920s.  The two Chinese characters that make up the term Feiyue, are 飞 (fēi), which means “to fly”, and 跃 (yuè), which means to “skip” or “jump.”  According to the website (feiyue-shoes.com), the term “feiyue” (飞跃; fēiyuè) means “flying forward” and “symbolizes the dual elevation of body and mind.”  What gave the brand unofficial recognition was its uniform adoption as the choice of footwear for Wushu practitioners.  All students under modern Shaolin Wushu schools can be seen wearing Feiyue shoes, and plenty of Wushu students, as well as other Chinese martial arts practitioners, wear them for training.  Thus, the Feiyue brand has established its original fame via the Wushu community.  Feiyue shoes (which will be referred to as Feiyues hereafter) come in both white and black colors.  In 2006, it saw international business in France.  Since then, the brand has added to its design bright and colorful sneakers.  Although I have found the particular direction of this business venture to be amusing, and therefore hard to take seriously, realistically this can be a great marketing opportunity in terms of Wushu equipment.  With the right marketing, should the Feiyue brand prove to be popular, Wushu businesses could ride on this trend to sell Feiyue shoes for a profit.  But this is just hypothetical speculation on my part.

Wushu shoes, Feiyue or otherwise, have become a common staple of standard Wushu equipment, aside from Wushu silks and Wushu apparatuses.  It is unfortunate how many people that are new to practicing Wushu do not know that they need a pair of Wushu shoes to practice modern Wushu Taolu with.  In fact, as far as Wushu equipment, they are almost always absolutely needed for standard practice, and the reasons for using and needing them are specific to Wushu’s purpose, as their simple design serves their purpose quite well.  An exception to this is the practice of Sanda, which is practiced barefoot.  Wushu shoes are, by classification, plimsoll shoes.  They are lightweight and do not have the weight that sneakers and suit shoes have, and thus allow the wearer unrestricted freedom that is close to bare feet when running or jumping.  They are indicators of how well strikes or slaps with the hand connect to the foot for almost every Wushu kick.  They are also indicators of how frequent or intense you are at practicing Wushu, depending on how many pairs you’ve gone through or how worn out your current pair is.  Wushu shoes are unofficial symbols of an individual’s active practice of Wushu.  And as stated before, the most well-known brand of Wushu shoes is the Feiyue brand.

fy01

The use of shoes in general also has a very unique place in the practice of Chinese martial arts, unlike other traditional martial art styles of Karate or Taekwondo, which are usually practiced barefoot.  This is a minor, yet distinguishing detail that gives the practice of Chinese martial arts an edge over most other barefoot martial arts.  Unlike boxing and MMA (mixed martial arts) gloves, which are either designed to protect the wearer or its opponent to some degree from the impact of blows with the hands, shoes add impact to strikes with the foot with a striking surface that is harder than bare feet.  As a result, this adds more risk and danger to the opponent, in an outside environment where shoes are a necessity.  This is also part of the reason why I love the simple yet efficient design of Wushu shoes, especially Feiyues.  As state before, when wearing Wushu shoes, the speed of the leg and foot is not restricted by the weight and drag of standard footwear, so a strike with a foot can be made that much more dangerous.  However, as far as the direct practice of Wushu goes, this is irrelevant and unimportant.  What is important is that the design of the shoes serves their purpose, and that’s why they are so loved in the Wushu community.

However, as far as shoes in general go, Wushu shoes are not without their design flaws.  The comparison between the original Feiyue plimsoll and its newer sneaker design illustrates some clear, yet fundamental differences between what separates Wushu shoes from general shoes, as well as these design flaws.  Firstly, unlike most shoes, Wushu shoes do not cover the ankle or the Achilles tendon area, allowing the freedom of foot pronation that is required for the majority of Wushu kicks.  Secondly, the soles and overall canvas of Wushu shoes are much thinner and lighter than that of sneakers and other athletic shoes.  Feiyues in particular have a cloth-like texture for their canvases.  The combined thinness of the soles and canvases of Wushu shoes are what give them their desired lightness in practice.  But this attribute works both ways, and therein lays the fundamental design flaw.  The general material of Wushu shoes is cheap to a fault, which causes Wushu shoes to be so thin and light.  And because they are made of cheap material, they can be easily worn out and destroyed after prolonged use in the rain and on hard surfaces such as street and concrete floors, so their use in these conditions is not recommended.  Because Wushu shoes are so cheap and easily destructible, serious practitioners are quick to buy new pairs, and are to have backup pairs prepared beforehand.  These shortcomings are unfortunate, but due to the cyclic rule of supply and demand, manufacturers and producers like Feiyue are unlikely to act on this issue.  Why?  Well, think about it.  If you are a business, and your consumers are more inclined to not just want, but need to buy and use your product frequently due to a fundamental design flaw, what is your incentive to address a design flaw that could not only cost quite a lot of money to fix, but could also potentially decrease the frequency of sales and consequently lower profit?  The answer is simple: there is none.  So sadly, we Wushu practitioners are forced to have to suck it up and deal with it.

But despite this design flaw, Wushu shoes are forever ingrained as one of the many physical representations of Wushu culture, and are still loved by the Wushu community.  Feiyues in particular are not only an integral part of my Wushu training and life, but they are also a part of my personal life as well.  On my way to training, I always wear Feiyues beforehand.  And aside from Wushu Taolu training, I also wear Feiyues during weight training and running, and, when I feel like it, even for general public use.  Years ago, I was called by one of my so-called seniors of my Wushu school a “loser” for wearing Feiyues outside of Wushu practice (since this particular individual was not very nice to me in the past, I would normally talk about this person today with a number of expletives, but for the sake of the general audience, I will keep it PG).  It might be considered funny or unusual to wear Wushu shoes outside of the Wushu environment, but I find it pretty cool.  Feiyues are a great way to bring something out of Wushu into my personal life, and I like wearing them.

bs01

Recently, other brands of Wushu shoes, namely those made by Budosaga, as well as Wushu shoes designed by Tiger Claw, have been introduced with a variety of bright colors to boot.  The only other brand of Wushu shoes I have had experience with is the black Tiger Claw Wushu shoes.  Compared to the preexisting Feiyues, these shoes are notably thicker in the canvas, which speaks to the durability of Wushu shoes, or rather, lack thereof.  While in my experience, these new kind of shoes felt initially awkward around my feet, they did not take away or restrict my ability or general mobility of the feet, so as Wushu shoes, they did their job.  However, based on what I’ve heard from someone else who has used the very same kind of shoes, the wear and tear factor has not changed much, so this shortcoming still exists all across the board with Wushu shoes.  I still have my pair of black Tiger Claw Wushu shoes in my possession, and I have only used these shoes a couple times in the past five years since I’ve received them in 2009, and the majority of these instances were for substitution when I didn’t have direct access to Feiyues.  Every other time, I have always gone back to the traditional white Feiyues.

Despite the new variety of choices offered for Wushu shoes, I still prefer my old fashioned white Feiyues.  I had at one point considered buying these new kinds of shoes, but I ultimately decided against it.  Part of this is because, in my opinion, the bright colors make the wearer literally look like a clown, especially when the color doesn’t match the silks, but it seems to suit others just fine, and I will respect their choice.  I don’t know if that means I’m “old school”, I don’t know if that means I have a plain fashion taste and am boring; all I know is that I’ve grown up training in Feiyues, and I will continue using Feiyues in training for as long as I can.

So this is a general picture on the place and practice of Wushu shoes, namely Feiyues, from my perspective.  Again, given the subject matter, there was very little beyond the obvious to discuss, but I hope that the reader at least learned something new or took something away from this write-up.  For those of you who are interested in ordering Feiyues, I have included a conversion chart for us Americans who for some reason think we are special and use inches and feet instead than the standard European metric system, as the shoes are measured in European units.  Once again, the purchase and use of these shoes is recommended for general Wushu Taolu practice.

Size Chart

tb

Thank you for taking the time to read this, and best wishes on your Wushu journey!

signaturemini.fw

[/tab]
[tab id=2]

Feiyue: O Air Jordan do Wushu

Escrito em 6 de Junho, 2014

“Feiyue — O Air Jordan do kung fu. Todo monge Shaolin em Dengfeng usa um desses. Meu Feiyue é novo, então todos sabem que podem me bater.” — Doug Anderson no primeiro episódio de Fight Quest

A quase um mês atrás, fui convidado para escrever sobre sapatos de Wushu. Isto foi muito difícil para mim, por que de todos os temas sobre Wushu, havia pouco material sobre sapatos de Wushu, além de que era muito óbvio para praticantes experiente, para escrever sobre. Mas para aqueles que não sabem quase nada sobre sapatos de Wushu, havia muita informação para falar. Portanto, este artigo será destinado aos novos e inexperientes leitores sobre Wushu, e, portanto, pode não ser tão longo ou informativo como meus habituais artigos. No entanto, além da pesquisa geral que pode ser feita on-line por qualquer pessoa, bem como a minha própria opinião, não haverá nada de novo aqui. O Wushu Moderno foi padronizado em duas disciplinas; Taolu (套路; Taolu, formas), o que eu estou, sobretudo, falando, e Sanshou (散 手; sànshǒu, mão livre), também conhecido como Sanda (散打; sàndǎ, luta livre). A maior parte deste artigo irá se concentrar em informações gerais que podem ou não ser óbvias para o leitor com experiência prévia com Wushu, e porque estou mais familiarizado com uma marca de sapatos de Wushu, que vamos discutir e estabelecer como a marca principal, eu focarei principalmente neste tipo específico de sapatos de Wushu: Feiyue (Assim que puder escreverei comentários simples sobre outras marcas de sapatos de Wushu).

No primeiro episódio do programa de TV Fight Quest, que contou com “kung fu” (ou melhor, uma parte do Shaolin Wushu e mais foco em Sanda), um dos anfitriões do show, Doug Anderson, chamou os sapatos Feiyue de “ o Air Jordan do kung fu. “Das muitas observações que foram feitas sobre a imagem das artes marciais chinesas, encontrei esta citação a mais precisa. Assim como a marca Air Jordan é destaque no basquete, a marca Feiyue é proeminente dentro da comunidade de artes marciais chinesas. Sapatos Feiyue podem ser vistos e usados por muitos praticantes de artes marciais chinesas de hoje, especialmente com os atletas de Wushu moderno. Nos últimos anos, outras marcas de sapatos de Wushu surgiram e cresceram em popularidade entre os praticantes de Wushu, que serão discutidos neste artigo mais tarde. No entanto, a marca mais conhecida de sapatos de Wushu é a Feiyue.

fy02

Feiyue, como uma marca, teve origem em Xangai, China, em 1920. Os dois caracteres chineses que compõem o termo Feiyue, são 飞 (FEI), que significa “voar”, e 跃 (yuè), que significa “pular” ou “salto”. Segundo o site (feiyue-shoes.com), o termo “feiyue” (飞跃; Feiyue) significa “voar para a frente” e “simboliza a dupla elevação do corpo e da mente.” O que deu o reconhecimento da marca não oficial foi sua adoção do uniforme como a escolha do calçado para os praticantes de Wushu. Todos os estudantes das escolas modernas de Shaolin Wushu podem ser vistos calçandos com sapatos Feiyue, e a maioria de estudantes de Wushu, bem como outros praticantes de artes marciais chinesas, usando-os no treinamento. Assim, a marca Feiyue estabeleceu sua fama original através da comunidade Wushu. Os sapatos Feiyue (que serão chamados de Feiyues a partir de agora) vêm em cores branco e preto. Em 2006, eles atingiram os negócios internacionais na França. Desde então, a marca adicionou ao seu design tênis brilhantes e coloridos. Apesar de eu ter achado que a direção particular deste empreendimento foi para ser divertido, e, portanto, difícil de se levar a sério, na realidade foi uma grande oportunidade de marketing em termos de equipamentos de Wushu. Com o marketing correto, a marca Feiyue se provaria popular, e empresas de Wushu poderiam usar esta tendência para vender sapatos Feiyue com algum um lucro. Mas isso é apenas especulação hipotética da minha parte.

Sapatos de Wushu, Feiyue ou qualquer outro, tornaram-se comuns nos equipamentos de Wushu, junto com as sedas e equipamentos de Wushu. É lamentável o número de pessoas que são novos na prática de Wushu e não sabem que eles precisam de um par de sapatos de Wushu moderno para a prática de Taolu. Na verdade, tanto quanto equipamentos, eles são quase sempre necessários para a prática padrão, e as razões para o uso e necessidade deles são específicos para o propósito do Wushu, como seu design é simples, serve muito bem o seu propósito. Uma exceção a isso é a prática de Sanda, que é feita com os pés descalços. Sapatos de Wushu são, pela classificação, sapatos Plimsoll. Eles são leves e não têm o peso que tênis e sapatos sociais tem, e, assim, permitem liberdade irrestrita que está perto de pés descalços quando correr ou saltar. Eles são indicadores de quão frequente ou intenso você está praticando Wushu, dependendo de quantos pares você já usou ou quão gasto está seu par atual. Sapatos de Wushu são símbolos não-oficiais da prática de um indivíduo ativo de Wushu. E como foi dito antes, a marca mais conhecida de sapatos de Wushu é a marca Feiyue.

fy01

O uso de sapatos em geral também tem um lugar muito especial na prática de artes marciais chinesas, ao contrário de outros estilos de artes marciais tradicionais como o Karate ou Taekwondo, que geralmente são praticados com os pés descalços. Este é um pequeno mas distinto detalhe que dá a prática de artes marciais chinesas uma vantagem sobre a maioria das outras artes marciais que não usam calçado. Ao contrário das luvas do boxe e de MMA (artes marciais mistas), que são destinados a proteger o usuário ou seu oponente em algum grau do impacto de golpes com as mãos, sapatos adicionam impacto para golpes com o pé, com uma superfície de impacto que é mais dura do os pés descalços. Como resultado, isso acrescenta mais risco e perigo para o adversário, em um ambiente externo onde os sapatos são uma necessidade. Isso também é parte da razão pela qual eu adoro o design simples mas eficaz dos sapatos de Wushu, especialmente Feiyues. Como disse antes, quando o uso de sapatos de Wushu, a velocidade da perna e do pé não se restringe pelo peso e arrasto de calçado padrão, então um chute pode ser muito mais perigoso. No entanto, o quão grande a prática de Wushu é, isto é irrelevante e sem importância. O que é importante é que o design dos sapatos serve o seu propósito, e é por isso que eles são tão amado na comunidade Wushu.

No entanto, tanto quanto sapatos em geral, sapatos de Wushu tem suas falhas de projeto. A comparação entre o plimsoll originais Feiyue e seu projeto mais novo sneaker ilustra algumas diferenças claras, ainda fundamentais entre o que separa sapatos de Wushu de sapatos em geral, bem como estas falhas de projeto. Em primeiro lugar, ao contrário da maioria dos sapatos, sapatos de Wushu não cobrem o tornozelo ou área do tendão de Aquiles, permitindo a liberdade de pronação do pé que é necessário para a maioria dos chutes de Wushu. Em segundo lugar, as solas e lona geral de sapatos de Wushu são muito mais finos e mais leves do que a de tênis e outros calçados esportivos. Feiyues em particular, têm uma textura de pano, como para as suas telas. A finura combinada das solas de sapatos e telas de Wushu são o que lhes dá sua leveza desejada na prática. Mas este atributo funciona nos dois sentidos, e aí está a falha fundamental no design. O material de sapatos de Wushu é barato por uma falha, o que torna sapatos de Wushu ser tão fino e leve. E porque eles são feitos de material barato, eles podem ser facilmente desgastados e destruídos após o uso prolongado na chuva e em superfícies duras como ruas e pisos de concreto, por isso não é recomendado o seu uso nestas condições. Porque sapatos de Wushu são tão baratos e facilmente destrutíveis, praticantes sérios são rápidos para comprar novos pares, e é inteligente para ter pares de backup preparado de antemão. Estas deficiências são infelizmente devido à regra cíclica da oferta e da demanda, os fabricantes e produtores como Feiyue não estão suscetíveis a agir sobre esta questão. Por quê? Bem, pense nisso. Se você tem um negócio, e seus consumidores estão mais inclinados a não apenas querer, mas precisam comprar e usar o produto com freqüência devido a uma falha fundamental no design, qual é o seu incentivo para tratar de uma falha de design que não só poderia custar muito dinheiro para corrigir, mas também pode diminuir potencialmente a frequência das vendas e, consequentemente, menor lucro? A resposta é simples: não há nenhuma. Então, infelizmente, Wushu praticantes são obrigados a ter que engolir isto e lidar com este problema.

Mas, apesar dessa falha de projeto, sapatos de Wushu estão para sempre enraizados como uma das muitas representações físicas de cultura Wushu, e ainda é amado pela comunidade Wushu. Feiyues em particular, não são apenas uma parte integrante de minha formação e vida no Wushu, mas eles também são uma parte da minha vida pessoal também. Na minha maneira de treinamento, eu sempre uso Feiyues. E além de treinamento de Wushu Taolu, eu também uso Feiyues durante musculação e corrida, e, quando acho que, é mesmo para uso público em geral. Anos atrás, fui chamado de “perdedor” por usar Feiyues fora da prática de Wushu por um dos meus  sêniores da minha escola de Wushu (uma vez que este indivíduo em particular não foi muito bom para mim no passado, eu normalmente falo sobre esta pessoa, hoje, com uma série de xingamentos, mas para o bem do público em geral, vou mantê-lo PG). Pode ser considerado engraçado ou incomum usar sapatos de Wushu fora do ambiente de Wushu, mas acho que é muito legal. Feiyues são uma ótima maneira de trazer o Wushu para minha vida pessoal, e eu gosto de usá-las.

bs01

Recentemente, outras marcas de sapatos de Wushu, ou seja, aquelas feitas por Budosaga, bem como sapatos de Wushu projetado por Tiger Claw, foram introduzidas com uma variedade de cores brilhantes. A única outra marca de sapatos de Wushu que eu tive experiência são os sapatos pretos da Tiger Claw. Em comparação com os Feiyues preexistentes, estes sapatos são notavelmente mais grossos no material, que aumenta a durabilidade dos sapatos de Wushu, ou melhor, a falta dela. Embora, na minha experiência, estes novos tipos de sapatos foram inicialmente estranhos aonos meus pés, eles não tiraram ou restringiram a minha capacidade ou mobilidade geral dos pés, assim como sapatos de Wushu, eles fizeram o seu trabalho. No entanto, com base no que eu ouvi de alguém que tenha usado o mesmo tipo de calçado, o desgaste e a durabilidade não mudaram muito, por isso, esta lacuna continua a existir em todo o tabuleiro com sapatos de Wushu. Eu ainda tenho o meu par de sapatos pretos Tiger Claw, e eu usei apenas estes sapatos umas 2 vezes nos últimos cinco anos, desde que eu recebi, em 2009, e que a maioria desses casos foram para a substituição quando eu não tinha acesso direto ao Feiyues. Todas as outras vezes, sempre volto para os Feiyues brancas tradicionais.

Apesar da nova variedade de opções oferecidas para os sapatos de Wushu, eu ainda prefiro meus velhos Feiyues brancas. Eu considerei comprar estes novos tipos de sapatos, mas eu decidi ir contra eles. Parte disso é porque, na minha opinião, as cores brilhantes fazem o usuário literalmente parecer um palhaço, especialmente quando a cor não combina com o uniforme, mas parece atender os outros muito bem, e eu vou respeitar a escolha. Eu não sei se isso significa que eu sou “old school”, eu não sei se isso significa que eu tenho um gosto de moda simples e sou chato; tudo que eu sei é que eu cresci treinando com Feiyues, e vou continuar usando Feiyues em minha formação durante o tempo que eu puder.

Portanto, esta é uma visão geral sobre o lugar e a prática de sapatos de Wushu, nomeadamente Feiyues, da minha perspectiva. Mais uma vez, dado o assunto, havia muito pouco além do óbvio para discutir, mas espero que o leitor, pelo menos aprenda algo novo ou tome alguma conclusão deste artigo. Para aqueles que estão interessados ​em encomendar Feiyues, eu incluí uma tabela de conversão para nós americanos que por algum motivo acho que usamos polegadas e pés especiais e em vez do sistema métrico padrão europeu, como os sapatos são medidos em unidades europeias. Mais uma vez, a compra e o uso desses sapatos é recomendado para a prática de Wushu Taolu geral.

Tabela de tamanhos

tb

Obrigado por ler o artigo e felicidades em sua jornada no Wushu.

signaturemini.fw

signatureandre.fw

[/tab]
[/tabs]