Articles

Entrevista com Ricardo Saldanha

By  | 

Ricardo Saldanha é Atleta de Wushu Sanda do Brasil. Saldanha é atualmente duas vezes campeão brasileiro, campeão sul-americano e campeão pan-americano em Sanda.

Sanda é um esporte de luta contemporânea que incluem quedas, lances e golpes usando braços e pernas. Golpes de cotovelo, estrangulamentos e bloqueios de juntas não são permitidos em campeonatos. O estilo é influenciado pelo boxe chinês tradicional e é normalmente realizada ao lado de taolu ou formas de competição.

justine-4

  1. Quando você começou o Sanda? Por que você praticou sanda em comparação com outras artes marciais?

Comecei a treinar no Sanda há 8 anos. Eu queria me juntar no sanda para perder peso e entrar em forma. No começo eu estava procurando por Muay Thai, porque muitas escolas no Brasil tem o Muay Thai em vez do kung-fu sanda. A academia que me juntei não a tinha como opção, eles tinham o sanda. O que era raro. Eu escolhi o sanda porque o esporte combina socos, chutes e quedas.

  1. Qual é a parte mais difícil da preparação para as suas lutas ou partidas?

A parte mais difícil é a dieta para perder o peso. A dieta é difícil, porque eu gosto de comer hambúrgueres, pizza e Nutella.

 

justine-1

 

  1. Você tem um ritual para se preparar para suas lutas?

Sim, meu foco e minha mente estão totalmente concentrados na luta. Eu uso minha mente para ver todos os detalhes possíveis da luta.

  1. Quem são seus professores que lhe ensinaram sanda e MMA?

Em sanda, meu primeiro professor foi o Elton Candido. Quando comecei a competir nos Nacionais em um nível mais alto de competição, comecei a treinar com Daniel Dionisio. No MMA, meus treinadores são Renato Ferreira, Daniel Evangelista e Odair Samurai que estão respectivamente com Luta-Livre, Wrestling, MMA e Boxe.

justine-5

  1. Qual é o seu objetivo no sanda? E no MMA?

Meus objetivos no Sanda é treinar e melhorar todos os dias e me manter no nível mais alto do mundo. Embora sendo realista e paciente na minha jornada, eu quero ser o melhor lutador na minha classe de peso no MMA.

  1. Você tem algum conselho para outros lutadores?

Minha dica é “Torne-se como água, meu amigo.” Esta frase de Bruce Lee é nesse contexto que sua mente é maleável. Basicamente, é difícil treinar com humildade e ter uma mente aberta. Você sempre pode aprender e ir em frente com as dificuldades que existem, o treinamento duro, dieta e muitos sacrifícios. No final, a felicidade faz valer a pena.

 

justine-2

Colaboradores
Tradutores: Henry Sato
Processamento de cores: Tim Wang
Fotógrafo: Justine Agaloos

 

justine-3

Justine Agaloos is a National USA Wushu Taolu Judge and was on the 2017 U.S.A. Traditional Wushu Team. Agaloos works full time as a Systems Analyst. With her extra time, Agaloos currently travels to domestic and international wushu tournaments.